• SAID RIO

Que tal falarmos sobre qualidade de vida e bem estar?

Atualizado: 15 de jun.

Ao falar de qualidade de vida na terceira idade, questões como saúde, bem estar social e psicológico passam em nossa mente. Mas como saber se um idoso realmente tem qualidade de vida?

Muitos idosos ao se depararem com o processo de envelhecimento, passam por muitas mudanças, como por exemplo a perda da rotina de trabalho, a diminuição de compromissos e convivência social, por vezes, comprometimentos físicos e cognitivos também os acometem. Passar por mudanças fisiológicas e sociais pode afetar negativamente a qualidade de vida do idoso, por isso a importância de falarmos sobre este tema. Tanto a família, como os cuidadores devem ficar atentos a expressões do tipo "não sirvo mais pra nada", "minha vida não faz mais sentido", "não consigo fazer mais nada sozinho", pois tais afirmações são sinais de alerta sobre como o idoso se sente em seu dia a dia e como ele está percebendo este momento de sua vida. Além disso é necessário observar se o idoso está sendo ouvido, se sua opinião é validada perante as situações rotineiras, pois a validação de seus sentimentos e opiniões é de grande valia para a promoção do bem estar psicológico do idoso, o que gera grande impacto em sua qualidade de vida.

A saúde do idoso de maneira geral, tanto física quanto psicológica está diretamente ligada ao bem estar do mesmo. Estar atento aos fatores que incidem no dia a dia do idoso é primordial para a manutenção da qualidade de vida.


Psicóloga Tais Santos Fernandes

CRP 05/64383


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
WhatsApp_Logo_1_edited.png