• SAID RIO

O processo de Envelhecimento



O processo de envelhecimento traz consigo uma série de mudanças nos âmbitos social, físico e psicológico, o que pode resultar em uma relação um tanto quanto conturbada com essa fase da vida. A angústia ocasionada por isso, pode levar a alterações psicológicas que muitas vezes são negligenciadas por apresentarem sintomas considerados característico dessa faixa etária. A ansiedade e a depressão, diferente de como ocorrem em pessoas jovens, tendem a ter uma manifestação em sintomas físicos em detrimento dos psicológicos. Com isso, ao ter uma alteração na pressão arterial ou no ritmo cardíaco, por exemplo, logo são encaminhados para um cardiologista. Porém, o que se pode perceber, são idosos com dificuldade de controle dessas alterações, mesmo com o uso frequente de medicações. Nesse sentido, a possibilidade desses sintomas serem uma expressão de uma questão psíquica/emocional não é considerada.



O acompanhamento psicológico permite que idoso consiga elaborar suas questões psicológicas, tanto relacionadas ao passado e presente, quanto as crenças com relação ao futuro, que quase sempre vem acompanhada de pensamentos associados a morte. A escuta e acolhimento da família também são essenciais para que o idoso não sinta que está vivenciando essa fase sozinho, pois não é incomum que se sintam abandonados ou com sensação de inutilidade, o que pode ocasionar o agravo dos sintomas. Psicóloga Paola P. dos Santos

14 visualizações0 comentário
WhatsApp_Logo_1_edited.png